Live

LEGIÃO É HOMENAGEADA EM LIVE NESTE DOMINGO

Live show em homenagem a Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá.
Por: Da Redação | Categoria: Música | 29-05-2021 00:33 |
Como repertório para esse show, foram selecionados os principais clássicos da Legião Urbana
Como repertório para esse show, foram selecionados os principais clássicos da Legião Urbana Foto de Divulgação

Neste domingo (30), acontece a partir das 20h, a live show "Somos Tão Jovens" #ComVocês Dado & Bonfá. Nesta apresentação virtual, o tributo presta uma homenagem a dois ícones do rock brasileiro: os músicos Dado Villa Lobos e Marcelo Bonfá, integrantes da formação original da Legião Urbana. O show acontece no palco do projeto Webstage Official - novo espaço em Ribeirão Preto (SP). 

Para acompanhar a live, basta clicar aqui.

LEIA TAMBÉM:
Unimed Franca muda horários de atendimento

A live segue a linha da última apresentação da banda que, na ocasião, foi dedicada a Renato Russo. Agora, os músicos homenageiam Dado e Bonfá, que fizeram parte da formação inicial da Legião Urbana, ao lado de Renato.

O violonista da Somos Tão Jovens, Evandro Grili, diz que a homenagem é merecida, pois os dois músicos são a memória viva da Legião Urbana, que para ele, é a maior banda de rock que o Brasil já teve. “Basta ver que, das bandas dos anos 1980, é a que tem mais fãs até hoje e de gerações que sequer tinham nascido nessa época. É um grupo com músicas atemporais”, explica.

O vocalista Sérgio Missão afirma que os músicos homenageados são extremamente importantes para o cenário da música brasileira, assim como Renato Russo. “Boa parte das músicas da Legião, a maioria delas, tem o Dado e o Bonfá como coautores. Eles são vértices de um primeiro triângulo que deu origem à banda”, destaca.

Como repertório para esse show, foram selecionados os principais clássicos da Legião Urbana, hinos dos fãs. O tributo fará uma revisita à obra legionária, desde a fase mais punk do grupo até as canções que falam de relacionamento, da existência humana, do amor e da política brasileira. “São músicas que parecem terem sido escritas para o momento atual que o país está passando. Embora muitas tenham sido compostas no final da década de 1970, há 40 anos. Ainda estamos no mesmo lugar”, afirma o baterista Victor Grili que é o mais jovem integrante do Tributo, com 26 anos.

VOLTA AOS PALCOS

Segundo o músico Evandro Grili, a volta do tributo aos palcos só deve acontecer, no mesmo ritmo de antes da pandemia, em 2022. A maioria dos shows acontece em teatros (espaços fechados) e não há previsão para que estes espaços tenham sua ocupação completa liberada. “2021, infelizmente, já era para nós. Esperamos o próximo ano e torcemos para que a população já esteja vacinada e que as coisas possam estar mais brandas. Até lá, vamos seguindo no formato de lives”, revela.

Os músicos da Somos Tão Jovens acreditam que o meio online será uma alternativa viável após a volta dos shows presenciais, como forma de se tornar possível a presença de um público que não tem condições de estar presente nos shows, fisicamente. “Temos aí a possibilidade de poder levar o show para a casa dessas pessoas a um custo mais em conta”, propõe o violonista.