Impostos

O BRASIL CUSTA CARO

Por: Thiago Rocioli | Categoria: Artigos | 15-07-2021 00:00 |
Políticos recebem supersalários
Políticos recebem supersalários Foto de Reprodução

Um levantamento realizado pelo Centro de Liderança Pública (CLP), apontou que apenas 0,23% de todos os funcionários públicos do Brasil recebem os chamados “supersalários”. Isso equivale a cerca de 25 mil profissionais dentro de um universo de 11 milhões de servidores ligados aos governos federal, estadual e municipal.

O problema é que esta parcela da população custa aos cofres públicos mais de R$2,5 bilhões de reais todos os anos. O valor é mais que o dobro do orçamento de Franca por exemplo, seriam necessárias várias cidades menores da nossa região com seus orçamentos para que cheguem a este valor exorbitante.

O país que voltou a frequentar o mapa da fome e que tropeça em desempregados, não poderia se dar ao luxo d  reverter tanto dinheiro público assim para uma parcela tão privilegiada e minúscula da população. É claro que existe o mérito do concurso, da classificação em um processo seletivo, mas não poderíamos ao menos rever os privilégios? Qual o motivo para alguém que ganha mais de R$ 39 mil mensais receber benefícios como auxílio moradia? Qual o motivo para tantos reembolsos? Onde fica o princípio da economicidade? Ele não se aplica quando o assunto é privilegiar poucos? Principalmente em um período igual a este em que vivemos, chega a ser estarrecedor imaginar que uma parcela privilegiada da população viveu sem ao menos um pequeno sacrifício como abrir mão de uma regalia que não deveria nem
mesmo existir. 

Esta é uma das explicações para o dinheiro dos nossos impostos não chegar onde deveriam. O Brasil custa caro, mas muito caro mesmo, mas poucos brasileiros realmente usufruem das nossas riquezas que são bancadas pela maioria que certamente não recebe um "supersalário".

Fernando Lima, repórter da TV Clube/Band de Ribeirão Preto (SP) e do Jornal Verdade.