50 anos

AGOSTINHO GALGANI CONTA A HISTÓRIA DA RÁDIO IMPERADOR

Conheça a história do jubileu Imperador pelo fundador da rádio
Por: Da Redação | Categoria: Rádio | 26-07-2021 12:00 |
Thiago Rocioli e Jacqueline Galgani com o fundador da Rádio Imperador, Agostinho Galgani
Thiago Rocioli e Jacqueline Galgani com o fundador da Rádio Imperador, Agostinho Galgani Foto de Reprodução/Rádio Imperador

Em comemoração aos 50- anos das rádio Imperador e fazendo parte do “Jubileu Imperador”, foi ao ar hoje a 2ª edição do Festival Imperador. O apresentador Thiago Rocioli, na companhia de Jacqueline Galgani recebeu na manhã desta segunda-feira,26, o proprietário e fundador da emissora, relembrando os momentos de alegria, mas também de dificuldades, em um bate papo descontraído.

Tudo teve início no mês de maio, em 1971. Agostinho Galgani, era então o presidente do Aeroclube de Franca, e com a intenção de realizarem um baile, onde se apresentaria a orquestra Laércio de Franca, o programa o qual a Patrícia apresentava no rádio, que era o único veículo de comunicação, foi o escolhido para a divulgação.
Eis que Agostinho, foi o escolhido para a entrevista, e na manhã daquele dia, Agostinho ouviu uma voz, que dizia que, “negócio bom é vender conversa”.

LEIA TAMBÉM:
Comércio online impulsiona venda de calçados

Já na emissora, em conversa com o saudoso radialista Carlos Grego, informou que sabia de alguém que tinha uma rádio, e que estaria com intensão de vendê-la. Mas a conversa se estendeu para outro momento. Chegando em casa, a mãe de Agostinho, lhe deu todo apoio, dizendo que iria lhe ajudar.

Parece, algo inacreditável, mas ainda no mesmo dia, Agostinho conversou com Fauzi Abbud, que era quem tinha a concessão da rádio disponível e ao final de uma longa conversa, o negócio estava fechado. Na noite daquele mesmo dia, Agostinho recebeu a informação de que na segunda-feira ele viajaria para a cidade do Rio de Janeiro para finalizar a documentação da rádio... em três dias úteis estava tudo concretizado, inclusive com a compra de equipamentos. No mês de setembro do mesmo ano, mesmo com dificuldade, com apoio de técnicos, teve início a programação experimental da rádio Imperador.

Paralelo a isso, as conversas com Carlos Grego que na época morava no transmissor, ganharam novos rumos e veio a sua contratação e juntamente com outros profissionais, e em 15 de novembro, dia da proclamação da república do Brasil, ocorreu a inauguração oficial da Rádio Imperador. “A rádio não tem nenhum cunho político, e o único interesse é a população, ou seja, o ouvinte. A Rádio Imperador, representa o que foi herdado dos pais, sendo a radio da família, é fruto da educação que eu recebi, o importante é trabalhar para o bem de todos”, destacou Agostinho Galgani.

Agostinho Galgani se emocionou quando relembrou, com lágrimas, o momento em que as pessoas vieram até a radio para ajudar na doação dos alimentos e depois, na organização deles. Na época, os alimentos foram doados para Santa Catarina, que tinha passado por uma enchente e tinham milhares de desabrigados. Jacqueline Galgani, relembra do senhor José Gomes, que estava acompanhando a mulher no hospital e veio até a rádio para ajudar no transporte dos alimentos pois precisávamos de um caminhão. Para Agostinho, a magia do radio contagia a todos.

Clique aqui para assistir a live.

Conforme publicou o Portal Pop Mundi.