IPVA 2021

1ª PARCELA OU COTA ÚNICA PARA PLACAS FINAL 4 VENCE HOJE

Para pagar o imposto, basta se dirigir a uma agência bancária credenciada, com o número do Renavam, e pagar a guia no guichê de caixa, nos terminais de autoatendimento, pela internet, via débito agendado ou por meio de outros canais oferecidos pelo banco.
Por: Da Redação | Categoria: Cotidiano | 12-01-2021 00:00 | 57
Caso a inadimplência do IPVA permaneça, o débito será inscrito e, como consequência, a multa passará a 40% do valor do imposto
Caso a inadimplência do IPVA permaneça, o débito será inscrito e, como consequência, a multa passará a 40% do valor do imposto Foto de Reprodução

O pagamento com desconto ou cota única do IPVA 2021 para veículos com placas final 4 vence hoje. Clique aqui para conferir o calendário completo. De acordo com a Seceretaria da Fazenda e Planejamento do Estado, o imposto está 6,77%. 

COMO PAGAR O IMPOSTO?

Para pagar o imposto, basta se dirigir a uma agência bancária credenciada, com o número do Renavam, e pagar a guia no guichê de caixa, nos terminais de autoatendimento, pela internet, via débito agendado ou por meio de outros canais oferecidos pelo banco. Também dá para fazer o pagamento em casas lotéricas e com cartão de crédito, nas empresas credenciadas à Secretaria da Fazenda e Planejamento.

PAGAR PELA INTERNET

O pagamento do tributo para veículos usados referente ao atual exercício pode ser realizado por meio de aplicativo ou site dos bancos credenciados. Basta informar o Renavam constante no CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos). Para veículos novos e de locadoras registrados em São Paulo, é necessário acessar o portal da Secretaria da Fazenda e Planejamento de São Paulo e gerar a guia de pagamento, informando a placa e o Renavam do automóvel.

E SE NÃO PAGAR?

Quem deixar de pagar o imposto fica sujeito a multa de 0,33% por dia de atraso e juros de mora com base na taxa Selic. Após 60 dias, o percentual da multa aumenta para 20% do valor do imposto. Caso a inadimplência do IPVA permaneça, o débito será inscrito e, como consequência, a multa passará a 40% do valor do imposto. Sem o IPVA em dia, o motorista também não consegue o licenciamento. Como consequência, o veículo poderá ser apreendido, com multa aplicada pela autoridade de trânsito e sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).